17/08/2018

OLINDA SOFRE COM A FALTA DE CONSELHOS TUTELARES


Os moradores da cidade de Olinda, na Região Metropolitana do Recife, sofrem quando precisam da ajuda de um Conselho Tutelar. Eles dizem que só existem duas regionais para um contingente de mais ou menos 400 mil habitantes.
A Lei que rege o CONANDA diz que deve haver um Conselho Tutelar , composto por cinco membros, para cada 100 mil habitantes . Hoje, em Olinda, existem apenas 10 conselheiros para atender toda a demanda.

Não bastasse esse pequeno contingente, os conselheiros em atuação estão sem receber aumento ou até mesmo uma reposição salarial, há quatro anos. A informação que temos, é que o prefeito que assumiu o comando da cidade em 2016, Professor Lupércio (SD) , não atende os conselheiros  para uma reunião onde deveriam tratar do assunto.
A vereadora Graça Fonsêca (PMB) através do requerimento nº 1250/2018, com indicação de urgência , pediu a criação do terceiro Conselho Tutelar e,  em resposta, o prefeito disse não haver verba para esse fim.

O que mais intriga a população é o fato  do prefeito Lupércio ter sido eleito com o discurso de que iria trabalhar pelo social.  Há algum trabalho mais social do que defender a criança e o adolescente em situação de vulnerabilidade e risco iminente? É o que se pergunta.